quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Duas Bolas,por favor-por Danuza Leão-


Nessa jantar eu lembrei muito dessa cronica da Danuza ,
Não há nada que me deixe mais frustada do que pedir sorvete de sobremesa,contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçon colocar na minha frente uma bolinha minúscula do meu sorvete preferido.
Uma só.
Quanto mais sofisticado o restaurante,menor a porção da sobremesa.
Aí a vontade que dá e de passar numa loja de conviniencia,comprar um litro de sorvete bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser,sem pensar em calorias,boas maneiras ou moderação.
O sorvete é so um exemplo do que tem sido nosso cotidiano.A vida anda cheia de meias porções,de prazeres meia boca,de aventura pela metade. A gente saí pra jantar,mas come pouco.Vai a festa de casamento,mas resiste aos bombons.Conquista a chamada liberdade sexual,mas tem que fingir que é dificil( as mulheres continuam com o pavor de ser rotulada de fácil)
Adora tomar banho demorado,mas se contém para nao desperdiçar os recursos do planeta.Tem vontade de ficar em casa vendo um dvd,esparramada no sofá,mas se obriga a ir malhar. E por aí vai.
Tantos deveres e tantas preocupaçoes em ACERTAR,tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação....
Aí vai ficando sem tempero,politicamente correta e existencialmente sem graça,enquanto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão...
Ás vezes dá vontade de fazer tudo errado,deixar de lado a regua o compasso,a bussula,a balança e os 10 mandamentos.Ser ridicula,inadequaDA,INCOERENTE e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam ao nosso respeito.Recusar prazeres imcompleto e meias porçoes.
Nós que nao aspiramos a santidade e estamos aqui de passagem,podemos (devemos?) desejar varias bolas de sorvete,bombons de muitos sabores,varios beijos bem dados,a agua batendo sem pressa no corpo,o coração saciado.
Um dia a gente cria juizo.
Um dia...
Nao tem que ser agora.
Por isso garçon,por favor,me traga cinco bolas de sorvete de chocolate...
Depois a gente ve como é que faz pra concertar o estrago.

2 comentários:

Edite Artesanatos disse...

Ola minha querida

Estive a semana passada ai na sua cidade,so não te avisei porque eu estava fazendo curso o dia todo,e estava com mais duas funcionarias minhas,então nem pensar em sair e ver os amigos,peço que me perdoe mas quando for ai a passeio promente te avisar ta.
Adorei o seu desabafo,penso assim tambem,somos cheias de regras a cumprir, nem gargalharmos podemos porque,e feio e a ditas das etiquetas não nos permite ser livres srrsrs.

Beijinhos e fique com Deus.

Maria da Paz disse...

CIDA, SEU BLOG ESTA OTIMO!!!! PARABENS.
MPAZ